Início » Notícias » Dança em clima de comemoração: Rio de Janeiro tem oficina de contato-improvisação (hoje) e intervenção na Cinelândia (amanhã)

Dança em clima de comemoração: Rio de Janeiro tem oficina de contato-improvisação (hoje) e intervenção na Cinelândia (amanhã)

O Dia Internacional da Dança é amanhã (29/abr), dia de intervenção na Cinelândia (RJ), mas nada como uma oficina de contato-improvisação pra “aquecer os tambores”, né!

Pra quem está ligad@, a oficina Estruturas Vivas, com a italiana Sofia Gilberti, começa daqui a pouquinho (às 16h, no AMOK Teatro) (ver flyer acima) e segue até às 19h. A atividade propõe pesquisar as camadas corporais, o compartilhamento de peso, os fluxos de movimento para criar estruturas flexíveis e dinâmicas, sólidas e seguras, aptas a receber o peso d@s parceir@s. Na sequência da oficina, haverá uma “jam” até às 22h.

Com investimento de R$55, tem-se acesso a ambas oficina e jam. Quem quiser chegar mais tarde e participar somente da jam, pode fazer uma contribuição mínima de R$10.

Sofia informa que “todos os níveis de experiência são bem vindos” e pede que levem uma canga e/ou uma toalha de banho grande, além de joelheiras para quem precisar. Para mais informações, ligue (21) 81791117 e fale com ela.

[imagem de divulgação da intervenção Dia D, no Rio de Janeiro / criação: André Bern]

E amanhã (29/abr, ao meio-dia), haverá uma intervenção na Cinelândia (Centro do Rio de Janeiro) em comemoração do Dia Internacional da Dança. Organizada por artistas da cidade, a atividade prevê uma aula pública de “charme” (gênero de dança urbana) com Renato Cruz, além de momentos improvisados coordenados por Tatiana France e Patrícia Pereira. No final, um grande “D” será feito no chão na praça, com tod@s @s participantes, artistas e não-artistas.

Leia mais:  "Olho Nu": Cia. Híbrida apresenta espetáculo em aniversário do bairro de Madureira (RJ)

O Dia Internacional da Dança (ou Dia Mundial da Dança) foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) em 1982. Mesmo sendo uma data ainda desconhecida para muita gente, cada vez mais artistas e profissionais da área reconhecem a importância de sua celebração, a fim de dar maior visibilidade às discussões da classe e suas demandas. Ao instituir a data, a UNESCO escolheu o dia 29 de abril por ser a data de nascimento do mestre francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), que se destaca na história por ter escrito um conjunto de textos críticos sobre o balé de sua época, as “Cartas Sobre a Dança” (ou no original, “Lettres Sur La Danse”). No Brasil, as Cartas ganharam tradução de Marianna Monteiro no belo exemplar publicado pela Editora da Universidade de São Paulo / FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

Para quem quiser participar da intervenção carioca, o ponto de encontro será na frente do Cine Odeon, às 11h30. As/Os artistas sugerem que tod@s levem bolas de gás, assim como tecidos que possibilitem movimento.

Comentários