Início » Notícias » "Árvores": performance de Clarice Lima faz um "giro europeu" em festivais de arte

"Árvores": performance de Clarice Lima faz um "giro europeu" em festivais de arte

Depois de Lisboa (Portugal), com apresentação no Festival Mude em Movimento, Árvores, performance de Clarice Lima, segue num “giro europeu” em festivais de arte (ver flyer acima). No roteiro estão a cidade de Ljubljana (Eslovênia), em 10 e 11/out (quinta e sexta), no Internacional Festival of Contemporary Arts – City of Women; e  Thessaloniki (Grécia), no Thessaloniki Performance Festival e Biennale of Contemporary Art – nos dias 16 e 17/out (quarta e quinta).

No site da artista, claricelima.org, lê-se:

Árvores é um exercício do desejo de permanência, invertendo o espaço e questionando o tempo. Até quando o corpo aguenta? O trabalho surge como desejo de enraizamento na cidade, onde pessoas vestidas com o mesmo figurino habitam em espaços de passagens. Ali, contrapõem-se ao fluxo de movimento, permanecem de cabeça pra baixo até o corpo não aguentar mais e cair.

Comentários