Início » Notícias » "Estudo para uma devoração": Andréa Bardawil conduz residência de improvisação e composição coreográfica em Fortaleza (CE)

"Estudo para uma devoração": Andréa Bardawil conduz residência de improvisação e composição coreográfica em Fortaleza (CE)

A diretora Andréa Bardawil promove uma residência artística de improvisação e composição coreográfica entre os meses de março e maio na cidade de Fortaleza (CE). Intitulada Estudo para uma Devoração, a residência tem como ponto de partida uma pesquisa para a próxima montagem da Cia. da Arte Andanças.

O projeto foi selecionado pelo Programa de Residências e Intercâmbios – promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (CE) – e será realizado de forma intensiva, durante uma semana a cada mês. Inicialmente, 15 vagas serão abertas a participantes no mês de março, com posterior desenvolvimento em grupo menor nos meses de abril e maio.

O primeiro período de atividades acontecerá entre 9 e 14/mar (segunda a sexta, 18h30 às 21h30; e sábado, 9h às 12h, e 13h30 às 17h30). As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas até amanhã (25/fev) – clique aqui para acessar o formulário online.

Sobre Andréa Bardawil: coreógrafa, diretora da Cia. da Arte Andanças e uma das fundadoras da ONG Alpendre – Casa de Arte, Pesquisa e Produção. Foi curadora e coordenadora pedagógica da Bienal Internacional de Dança do Ceará, e coordenadora do Curso Técnico em Dança, realizado numa parceria entre SENAC, SECULT e Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC) no período de 2007 a 2012. Foi conselheira/curadora do Festival Nacional de Dança de Joinville nas edições de 2011, 2012 e 2013. Como coreógrafa, foi uma das selecionadas pelo projeto Rumos Itaú Cultural Dança (2000), com o trabalho Do que se pode dizer…, e ganhou a Bolsa Vitae de Artes (2000), com o projeto O Tempo da Delicadeza. Em 2009, foi novamente uma das selecionadas pelo Rumos Itaú Cultural Dança (2009/2010), ao lado de Graça Martins, com o projeto Graça.

Comentários