Início » Notícias » Decorrer: Dandara Patroclo é a primeira convidada da série

Decorrer: Dandara Patroclo é a primeira convidada da série

Dandara Patroclo / foto: Julius Mack
Dandara Patroclo / foto: Julius Mack

Uma das ações da 3a. edição do projeto Dança Carioca na Rede – intitulada Corpo e Memória – a série de ensaios fotográficos Decorrer apresenta artistas convidad@s, devidamente captad@s pelas lentes do bailarino-fotógrafo Julius Mack. Com o objetivo de revelar a “dança de um@ artista no decorrer de um dia”, Dandara Patroclo, William Freitas e Xandy Carvalho foram “retratad@s” do momento que el@s acordaram até o final do dia – e ao longo de todas as atividades que cada um del@s desenvolveu naquelas específicas 24 horas.

O primeiro ensaio, publicado hoje no ctrl+alt+dança, dá destaque às andanças da bailarina Dandara Patroclo (ver foto acima), que integra o elenco de Dançar (não) é Preciso, espetáculo da Esther Weitzman Companhia de Dança. Graduanda da Universidade Federal do Rio de Janeiro, ela critica a desarticulação entre escolas de dança e cursos superiores da cidade: “Gostaria de que as universidades e as escolas de dança fossem mais integradas, dessem mais oportunidades”.

Ao ressaltar o fato de que corpos negros ainda são infrequentes em companhias brasileiras de dança contemporânea, Dandara celebra a oportunidade de estar em cena, trabalhando e exercendo sua prática artística:

Eu agradeço muito por poder estar em cena, dançando… ser um pouco de referência para pessoas com o meu perfil, que quando assistem dança não se reconhecem. Dança para todos os corpos, cores, gêneros.

Clique aqui e confira o ensaio com Dandara na íntegra.

Leia mais:  Aquecimento 2016: danças no Rio de Janeiro

 

Comentários